• Casa Cor

    Quarta-Feira, 25 de Maio de 2016

    Em sua quarta edição na Casa Cor Goiás, João Paulo Florentino cuidou do Jardim dos Jasmins, espaço com 104 metros quadrados.

    O arquiteto e paisagista mostra a mágica da arquitetura da flora em geral por meio de uma espécie bastante conhecida por sua forma poética e beleza escultórica: o jasmim.

    O ambiente destaca a importância de buscar a proximidade com a natureza em meio aos espaços construídos e comprova o conjunto de sensações benéficas proporcionadas pela presença do verde.

    No traçado do jardim aplicaram-se dois estilos distintos: a topiaria, que molda a vegetação em formatos geométricos, e a sucessão natural, que permite à natureza revelar-se de forma espontânea, diminuindo as interferências humanas no ambiente e a necessidade de manutenção.

    O pergolado metálico, criado especialmente para o ambiente, protege e traz sombra para a área de estar, criando uma atmosfera acolhedora de varanda.

    Uma grande novidade é a utilização do teto verde vegetado na cobertura, que cria uma estratégia de sustentabilidade, capaz de fornecer melhoria no conforto térmico no interior das construções e ainda transformar coberturas em espaços habitáveis.

    Em meio a todo o ambiente, um espelho d'água se distribui junto à vegetação, criando volumes e movimentos. No Jardim dos Jasmins ele foi utilizado revestido em pedras naturais e resina, formando tanques em diferentes profundidades.

    Produtos Aldeia presentes neste ambiente: Porcelanato Ibirapuera Mix Ext 20x120 Portobello; Seixos Soltos Tigrados Palimanan; Argamassa e Rejunte Portokoll.

    Imagens: Gesley Brasil.

    (0) Comentar
  • Casa Cor

    Terça-Feira, 24 de Maio de 2016

    Desde que abriu as portas ao público, a Casa Cor Goiás emociona e inspira o viver e o morar dos goianos. Em um clima super festivo, a exposição completa 20 anos no Estado e 30 anos da franquia Casa Cor no Brasil.

    Com o tema “Celebrar”, a mostra explora todas as possibilidades que um lar pode oferecer. O intuito é presentear os visitantes com vivências harmônicas para que experimentem o fascínio de ambientes inovadores e originais, que os sensibilizem para a transformação da sua casa em um espaço de celebração à vida!

    Junto com a Casa Cor Goiás, a Aldeia comemora suas duas décadas de vida e de participação na mostra goiana, este ano presente em 14 belíssimos que surpreendem pela beleza e criatividade! Vale a pena conferir!

    Foto: Jomar Bragança / Imagem: Divulgação.

    (0) Comentar
  • Arquitetura

    Sexta-Feira, 13 de Maio de 2016

    Camadas bem definidas segmentam uma casa localizada em Melbourne, Austrália, criada pelo escritório Jolson Architecture. Três fatias compõem o projeto, separadas por uso: coletivo, íntimo e lazer.

    No térreo ficam as salas de estar, jantar e de relaxamento, onde o ambiente é mais descontraído. O primeiro andar está a área privativa do casal, com o quarto principal, a biblioteca, o escritório e o terraço, na cobertura. No subsolo, reinam o entretenimento e os esportes. Um vazio central atravessa o volume, garantindo iluminação e ventilação a todos os pavimentos.

    Embora o exterior seja brutalista, os interiores são meticulosamente decorados. Os materiais utilizados do lado de fora penetram o edifício. A arquitetura esconde e integra os sistemas mecânico, elétrico e hidráulico. A solução eleita prioriza quatro pontos: luminosidade, calor, ligação dos espaços e continuidade de materiais.

    Por dentro da casa, volumes verticais e horizontais trabalham a luz natural e a sombra. Cada superfície tenta criar uma sequência, proporcionando uma experiência totalizante. Por isso os cômodos se interpenetram; as divisões dos ambientes não decorrem das paredes, mas das camadas de cores, luz e sombra.

    Lâminas de concreto alinhadas ao eixo norte-sul permitem que a insolação entre na casa sem delongas. Além disso, as aberturas incrustadas entre os pilares oferecem aos moradores um visual fragmentado em quadros, muito interessante.

    Nas paredes do átrio central há a aplicação de uma tela metálica, responsável por criar, no interior, sombras texturizadas que dançam pelas paredes e pelos pisos do térreo e do subsolo. Também o vazio age como uma chaminé térmica, levando ar fresco até a base, onde a lagoa tem efeito refrigerador.

    No andar inferior, semienterrado, a abundância de luz permite o uso de tons escuros. Ali aparecem então o aço, o couro e a pedra. O jogo entre a escuridão e a água da piscina cria uma experiência sensorial única.

    No andar superior, as cores assumem um papel diferente: o mobiliário claro é “dela”, e o escuro demarca a área “dele”, especialmente no escritório.

    Imagens: Peter Bennets / Divulgação.

    (0) Comentar
  • Arquitetura

    Quinta-Feira, 26 de Maio de 2016

    Há cerca de um ano, na cidade de Tielt-Winge, na Bélgica, uma torre de observação de madeira foi queimada por vândalos, o que causou tristeza para os moradores que a consideravam um marco local.

    Superando a tragédia, a cidade foi além e criou no lugar um monumento que desafia os limites da gravidade: é o Vlooybergtoren, uma torre-escada 11 metros de altura e 13 toneladas que flutua em direção ao céu!

    Segundo os autores, do escritório Close to Bone, trata-se de “uma guerra contra seu próprio peso”. Funcionando como um mirante para a floresta, a novidade é a nova sensação arquitetônica na região.

    Para que ela se mantenha em pé, apoiada somente no piso, os arquitetos calcularam manualmente as forças que agem em cada elemento, definido os formatos por meio das medidas máximas. Treliças de aço agem como vigas estruturais para aguentar tais forças e dois amortecedores protegem a base contra vibrações.

    Sem frescuras decorativas, a estrutura é toda revestida de aço cortén, material que se mantém à prova dos estragos do tempo. Pré-fabricada, levou apenas metade de um dia para ser instalada no local.

    Imagens: Kris Van Den Bosch / Divulgação.

    (0) Comentar
  • Cinema

    Sábado, 21 de Maio de 2016

    (X-Men: Apolcalypse, ação / ficção científica / fantasia, Estados Unidos, 2015)

    De Bryan Singer. Com James McAvoy, Michael Fassbender, Jennifer Lawrence e outros.

    Também conhecido como Apocalipse, En Sabah Nur (Oscar Isaac) é o mutante original. Após milhares da anos, ele volta a vida disposto a garantir sua supremacia e acabar com a humanidade.

    Ele seleciona quatro Cavaleiros nas figuras de Magneto (Michael Fassbender), Psylocke (Olivia Munn), Anjo (Ben Hardy) e Tempestade (Alexandra Shipp).

    Do outro lado, o professor Charles Xavier (James McAvoy) conta com uma série de novos alunos, como Jean Grey (Sophie Turner), Ciclope (Tye Sheridan) e Noturno (Kodi Smit-McPhee), além de caras conhecidas como Mística (Jennifer Lawrence), Fera (Nicholas Hoult) e Mercúrio (Evan Peters), para tentar impedir o vilão.

    Imagens: Divulgação.

    (0) Comentar
  • Revestimentos

    Sexta-Feira, 20 de Maio de 2016

    Com a proposta de despertar uma nova maneira de olhar para a cerâmica, a DECORTILES reflete BRASILIDADE e o ORGULHO de um PRODUTO ÚNICO feito no Brasil. Unindo a necessidade de MORAR BEM com o desejo de AUTOEXPRESSÃO, traz produtos que respiram ARTE, MODA e ARQUITETURA. A paixão pelo DESIGN faz a marca ir muito além da decoração, buscando observar os MOVIMENTOS e as TRANSFORMAÇÕES do mundo.

    O resultado dessa busca constante são REVESTIMENTOS EXCLUSIVOS que combinam TECNOLOGIA com o RESGATE e a BELEZA do FEITO À MÃO, uma união que possibilita experiências além do universo material. As coleções Decortiles DESPERTAM os SENTIDOS mais profundos através de CORES, MATERIAIS e TEXTURAS!

     

    Avant Garde

    Inspirada pela paixão pelo CIMENTO, AVANT GARDE celebra a riqueza de TEXTURAS, NUANCES e GRAFISMOS dos diversos tipos do material. Do ESPATULADO ao CIMENTO DE DEMOLIÇÃO, as faces dos produtos são conectadas pela COR CINZA e suas variações.

     

    Carrara

    Ícones de TRADIÇÃO e ELEGÂNCIA, os MÁRMORES BRANCOS, especialmente o CARRARA, ganham NOVAS PROPORÇÕES e aproximam a cerâmica do NATURAL, reproduzindo com PERFEIÇÃO as BELAS e IMPONENTES placas extraídas da natureza. Ganham DESTAQUE na DECORAÇÃO de interiores e no DESIGN de peças e objetos e criam belas composições com materiais contemporâneos e urbanos como cimentos e metalizados.

     

    Mineral

    A PUREZA da matéria-prima revela uma BELEZA BRUTA, SIMPLISTA. A superfície do porcelanato faz referência à história de cada material, entre a tonalidade CINZA do puro GRANITO à NOBREZA da primitiva cor MARFIM. A arquitetura ganha DIFERENTES POSSIBILIDADES com os NOVOS FORMATOS, para mais LIBERDADE DE CRIAÇÃO.

    Venha até a Aldeia e encante-se com as coleções Decortiles!

    Imagens: Decortiles / Divulgação.

    (0) Comentar
  • Arquitetura

    Quinta-Feira, 19 de Maio de 2016

    Marcando a abertura do evento “University’s New Life Sciences”, os jardins da Universidade de Bristol, na Inglaterra, ganharam recentemente uma obra de arte pública que representa a história da evolução do planeta.

    Criada pela artista Katie Paterson, com a colaboração dos arquitetos Zeller & Moye, o projeto Hollow é um espaço de meditação criado com amostras de 10 mil espécies de árvores, algumas delas com milhões de anos.

    É o resultado de uma pesquisa de três anos, que acabou formando uma das maiores coleções de espécies de árvores já vistas no Reino Unido, construída graças à generosidade de viveiros e colecionadores do mundo todo.

    A fachada assimétrica reflete as diferentes alturas das árvores, representando a diversidade de uma floresta.

    Ao entrar, é como se o visitante estivesse dentro da mata em miniatura, sentido o clima quente e denso e experimentando a monumental coleção de árvores ao seu redor.

    Logo acima, algumas aberturas no teto deixam a luz entrar, imitando como os raios de sol atravessam folhas e galhos.

    As amostras de madeira narram a história humana e do meio ambiente em todo mundo, com espécies de vários lugares, como a figueira indiana sob a qual Buda alcançou a iluminação, e a árvore de ginkgo, em Hiroshima, que sobreviveu a um dos episódios mais tristes da história.

    Algumas são incrivelmente raras, como fósseis de árvores como o cedro do Líbano, palma Phoenix e a methuselah, uma das mais antigas do mundo.

    Imagens: Max McClure / Divulgação.

    (0) Comentar
  • Geral

    Terça-Feira, 17 de Maio de 2016

    O “Maio Amarelo” nasceu para alertar e mobilizar a sociedade para a redução do grande número de acidentes no trânsito. Com o laço amarelo como símbolo, o movimento atua em defesa da vida. Todo cidadão, entidade ou empresa pode utilizar o laço em suas ações de conscientização, buscando atingir o máximo de pessoas possíveis com a mensagem.

    A escolha do mês de maio foi motivada pela proposta da ONU quando decretou a Década da Ação para a Segurança no Trânsito, em 11 de maio de 2011. Com isso, o balanço das ações sempre é realizado em maio no mundo todo.

    A cor amarela foi escolhida por ser a cor da advertência no trânsito. Placas amarelas alertam ao motorista sobre possíveis problemas à frente. O amarelo do semáforo traduz-se em atenção. Portanto, o amarelo é hoje sinal de alerta no trânsito de todo o mundo!

    O laço, símbolo do movimento, é um sinal conhecido universalmente como algo a se engajar. Ele já representa inúmeros movimentos, a cor é que os diferencia, mas sempre serve de alerta à sociedade sobre um tema que precisa de toda atenção.

    A Aldeia, como não podia deixar de ser, abraçou essa causa! A nossa Equipe entrou no clima do amarelo e da valorização à vida! Entre nessa você também!

    Imagens: Divulgação.

    (0) Comentar
  • Revestimentos

    Quarta-Feira, 18 de Maio de 2016

    A CASTELATTO oferece uma linha completa de PISOS e REVSTIMENTOS CIMENTÍCIOS, com FORMATOS, CORES e TEXTURAS diversos, com as mais VERSÁTEIS e INOVADORAS SOLUÇÕES para todos os AMBIENTES e ESTILOS. Sempre atenta às tendências de DESIGN, seus produtos promovem um VISUAL EXCLUSIVO aos espaços e permitem a PERSONALIZAÇÃO dos ambientes.

    Prova disso é o novo integrante da COLEÇÃO ECOBRICK, ECOBRICK STONE, que traz a RUSTICIDADE da tradicional PEDRA ESCULPIDA, transmitindo SOLIDEZ e FORÇA. Cada peça é ÚNICA, ou seja, SEM REPETIÇÃO de entalhe, da mesma forma que os TRABALHOS ARTESANAIS em PEDRAS BRUTAS.

    Com DIFERENTES TAMANHOS, podem ser MISTURADOS, permitindo DIFERENTES PAGINAÇÕES e PROJETOS CUSTOMIZADOS.

    Venha até a Aldeia e conheça mais sobre a coleção Ecobrick e os demais produtos Castelatto!

    Imagens: Castelatto / Divulgação.

    (0) Comentar
  • Paisagismo

    Segunda-Feira, 16 de Maio de 2016

    Encravado em uma região de muita riqueza natural, um hotel localizado no Amazonas, às margens do Rio Negro, foi um daqueles desafios profissionais enriquecedores para a paisagista Clariça Lima.

    Parceira do escritório de arquitetura Atelier O. Reilly, responsável pelo projeto arquitetônico, Clariça foi convidada por eles para orquestrar a área verde do empreendimento.

    Foram utilizadas plantas tropicais e árvores frutíferas, valorizando o que existia na região, para envolver os sete lofts/suítes erguidos com madeira de lei em forma de barco invertido.

    Também foi preservada a permeabilidade do terreno ao optar por caminhos elevados entre as edificações, em sistema de deque.

    Outra boa sacada da profissional foi utilizar plantas altas no entorno das construções, o que garantiu a camuflagem de fiações e equipamentos como o ar-condicionado. Os jardins verticais também ganharam destaque e até surpreenderam os trabalhadores locais.

    Entre as plantas usadas estão buriti, ipê-amarelo, helicônias, maranta-zebrina, lírio-do-brejo, orquídea-da-terra, dicorisandra e monstera-do-amazonas, conhecida localmente como trajá.

    Imagens: Thaís Antunes / Divulgação.

    (0) Comentar
  • Posts anteriores
  • Loja Goiânia

    (62) 3093 1717

    Newsletter

    Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: