• Gastronomia

    Domingo, 24 de Janeiro de 2016

    Presença garantida em qualquer casamento, o bem-casado é um doce de origem portuguesa que chegou ao Brasil no período de colonização.

    Como representação da união e do compromisso do casal, o docinho promete uma vida de sorte e prosperidade.

    Segundo a tradição, para garantir uma união feliz, os noivos devem entregar a cada convidado um bem-casado. Aquele que experimentar o doce será abençoado com a sorte do casal.

    Os dois pequenos pedaços de pão de ló unidos por doce de leite e banhados em um calda de açúcar deixaram de ser exclusividade nas festas de casamento.

    Hoje já é comum encontrar o doce em outras celebrações. Como lembrança de nascimento, vira o bem-nascido; como lembrança em aniversários, vira o bem vivido; e por aí vai.

    O doce é embalado como um verdadeiro presente! O papel crepom e a fita de cetim são os materiais tradicionais, mas a criatividade das doceiras sofisticou a lembrança com embrulhos de tecido, caixinhas e rendas.

    Imagens: Divulgação.

    (0) Comentar
Loja Goiânia

(62) 3093 1717

Newsletter

Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: