• Revestimentos

    Sexta-Feira, 14 de Setembro de 2018

    Algo mais acolhedor do que a mistura de concreto e madeira? 

    Projeto: Studio mk27

    (0) Comentar
  • Revestimentos

    Domingo, 26 de Agosto de 2018

    Acolhimento e aconchego e um lugar de descanso onde só se encontra paz!

    A imagem pode conter: quarto e área interna

    Projeto: Cadaval & Solà-Morales

    O revestimento de concreto é um clássico contemporâneo, de tons neutros e urbanos, que faz parte da linguagem da arquitetura brasileira. Conquistou o seu lugar, seja dentro ou fora de casa, pois é um produto rústico, mas que ao mesmo tempo permite um ar sofisticado e moderno à construção. Neste projeto, da imagem, foi do piso ao teto e virou até cabeceira de cama. 

    Venham conhecer as opções da Aldeia para o seu projeto! 

    (0) Comentar
  • Revestimentos

    Terça-Feira, 24 de Julho de 2018

    A mistura do concreto com ladrilhos trouxe charme para este espaço com características industriais! 

    A imagem pode conter: área interna

    Projeto: Etica Studio - Carla Karsakis

    Foto: Dion Robeson

    (0) Comentar
  • Pisos

    Domingo, 20 de Maio de 2018

    Todo charme do Living 5 de Ana Paula de Castro e Sanderson Porto..

    (JOMAR BRAGANÇA/CASACOR)

     

    O ambiente conta com o piso Concreto Aparente 90x90cm cortado em réguas de 8x80cm aplicadas em formas variadas.

    (Instagram/Reprodução) 

     

    (Instagram/Reprodução) 

     

    Em harmonia com a parede em quartzito Mont Blanc e os perfis dourados, aplicados nos rodapés e nas bordas de fixação dos pendentes de luz, faz jus à seleção de móveis, que intercalam linhas delicadas e volumetria mais presente: alguns exemplos são o sofá ON, a Poltrona Alta de Oscar Niemeyer e a mesa de centro Pétala, de Jorge Zalszupin.

    (Instagram/Reprodução) 

     

    Aproveite o domingo e visite esse e outros ambientes em que a Aldeia está presente! 

     

    (0) Comentar
  • Sustentabilidade

    Quarta-Feira, 11 de Abril de 2018

    No mundo todo, milhares de pessoas não têm condições de moradia adequadas e seguras. Por isso, a Icon desenvolveu uma solução de moradia sustentável, prática e econômica  para levar moradia para pessoas em estado de extrema pobreza.

    O projeto foi apresentado em março no evento de inovação e tecnologia SXSW, nos Estados Unidos, e constrói os imóveis por meio de uma tecnologia que usa a ideia das impressoras 3D para imprimir minicasas de concreto em menos de 24 horas e no valor máximo de US$ 10.000. Aliás, a ideia da empresa é diminuir esse custo para US$ 4.000, deixando o projeto ainda mais acessível. 

    A casa é ‘impressa’ em concreto, ajudando a criar uma estrutura firme e que vai se manter mesmo com as mudanças climáticas. Cada casinha tem 60 metros quadrados e conta com os ambientes básicos para uma vida confortável: quarto, banheiro, sala – e tem uma varanda que a cerca. 

    O projeto já deixou de ser apenas uma ideia para se tornar uma realidade. A Icon fechou uma parceria com a organização não governamental New Story para levar 100 casas impressas para uma comunidade em El Salvador, no próximo ano. Futuramente, o projeto também deverá se estender para países como Bolívia, Haiti e México, de acordo com o Design Táxi.

     

     

    (0) Comentar
  • Revestimentos

    Quinta-Feira, 05 de Abril de 2018

    Revestimentos originais, como mármore, granito, madeira e cimento, têm seu público cativo. Por outro lado, demandam um investimento mais alto e nem sempre são práticos de limpar e manter. Pensando nessa economia e funcionalidade facilitada, diversas marcas criam revestimentos para pisos e paredes que imitam os materiais nobres e que não ficam devendo nada em termos de fidelidade às características originais dos produtos. Inspirada em uma antiga técnica japonesa com o objetivo de proteger a madeira por meio da queima de suas camadas superficiais, a linha Shou Sugi Ban, da Castelatto, retrata com fidelidade esta prática. Seja no padrão, textura e tonalidade das placas, causando um efeito único no concreto arquitetônico.

    Detalhe da linha Shou Sugi Ban da Castelatto, que imita madeira. (Castelatto/Reprodução)

     

    Nós adoramos! Inspire-se:

    Linha Shou Sugi Ban da Castelatto. Foto: Favaro Jr./Divulgação

    .

    (0) Comentar
  • Sustentabilidade

    Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2016

    Além de exuberantes, os jardins verticais têm se mostrado uma ótima maneira de abandonar medidas não sustentáveis de refrigeração, como a utilização do ar-condicionado: a sua implantação pode, por exemplo, diminuir a temperatura de um ambiente em até 30%.

    As grandes cidades pedem mudanças em seus edifícios e a boa notícia é que isso já está acontecendo!

    Grupos de pesquisa na Espanha e na Inglaterra estão empenhados em disseminar materiais de construção biorreceptivos, capazes de receber e estimular o crescimento de musgos, microalgas e fungos liquenizados em seus interiores, transformando qualquer estrutura em um jardim vertical.

    A ideia é aproveitar e integrar a função desses seres vivos como filtros naturais do CO2 e controladores térmicos nas construções urbanas.

    O concreto verde é a combinação de um material composto de fosfato de magnésio, o MPC, usado em reparos estruturais de edifícios por secar rapidamente, e o concreto tradicional de cimento, com o diferencial de ser tratado com CO2 em um ambiente controlado com 65% de umidade relativa do ar.

    Essa composição é feita para deixar o concreto verde menos ácido, o que acelera o crescimento dos musgos, líquens e fungos.

    O laboratório inglês BiotA Lab de pesquisas voltadas a arquitetura, biologia e engenharia da University College London, está trabalhando no conceito de materiais biorreceptivos.

    A proposta, além de ser mais barata a longo prazo, é uma resposta para a demanda crescente nas cidades por mais verde e qualidade de vida no contexto do combate à poluição e às mudanças climáticas.

    Imagens: Reprodução / Divulgação.

    (0) Comentar
  • Geral

    Quarta-Feira, 18 de Fevereiro de 2015

    District HD

     

    A Cerâmica Portinari, com o olhar na NATUREZA, no MODERNO e no BEM-ESTAR, traz o “Viver com Inspiração”, o que combina muito bem com a proposta da marca.

     

    Olden HD

     

    O CIMENTO e o CONCRETO, materiais absolutamente ATEMPORAIS, estão mais do que nunca na moda. Com aspecto URBANO e CONTEMPORÂNEO, foi uma das apostas em duas das suas coleções: DISTRICT HD e OLDEN HD, sendo essa última uma peça AUTÊNTICA e INOVADORA, que foge de qualquer padrão já existente, trazendo em sua estética uma SUPERFÍCIE BEM MARCADA que remete ao passado. Tudo isso em um PORCELANATO.

     

    Harmony HD

     

    Além da OUSADIA dos produtos CIMENTÍCIOS, a SOFISTICAÇÃO se encontra na HARMONY HD e MAGNUN HD, porcelanatos que reproduzem MÁRMORE, com sua típica IMPONÊNCIA e MAGNITUDE.

     

    Magnun HD

     

    Uma das nossas maravilhas, a NATUREZA, também foi traduzida em PORCELANATOS DELICADOS para o uso em PAREDES. A coleção PRIMAVERA HD traz o COLORIDO e a LEVEZA das flores, do vento ao passar pelas folhas, do SIMPLES e do BELO. Com TONALIDADES NEUTRAS, pode ser utilizada tanto em cozinhas, quanto em banheiros, quarto e salas.

     

    Primavera HD

     

    Assim como a Primavera HD, a coleção STUDIO HD também foi criada pensando na DIVERSIDADE NATURAL, grande inspiradora da arte. Na superfície o relevo apresenta FORMAS, que podem ser exploradas com ILUMINAÇÃO, causando a impressão de MOVIMENTO e CONTINUIDADE.

     

    Studio HD

    Venha para a Aldeia e conheça mais das linhas da Portinari!

    (0) Comentar
Loja Goiânia

(62) 3093 1717

Newsletter

Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: