• Gastronomia

    Domingo, 12 de Março de 2017

    O estilo de vida vegetariano conquista cada vez mais adeptos. Alguns defendem a filosofia, outros optam por esse tipo de dieta para conquistarem uma vida mais saudável.

    Não importa o motivo, uma coisa é certa: existem várias receitas apenas com componentes vegetais que são muito saborosas. Por isso, trouxemos uma vegana de brigadeiro para comer sem peso na consciência. Confira!

    Ingredientes:

    1 e 1/2 xícara (chá) de batata doce cozida e amassada

    2 colheres (sopa) de cacau em pó

    1/3 de xícara (chá) de açúcar mascavo

    1 colher (sobremesa) de óleo de coco

    Chocolate granulado para decoração

    Preparo: Em uma panela, misture a batata doce com os demais ingredientes e leve ao fogo médio até que a mistura comece a desgrudar da panela. Despeje em um prato e deixe esfriar por completo. Deixe alguns minutos na geladeira antes de enrolar seus brigadeiros. Faça bolinhas de aproximadamente 15g (eles cabem forminha número 5 para doces) passe no granulado e sirva.

    Você pode passar seus brigadeiros também em oleaginosas trituradas, como por exemplo, castanhas, avelãs, nozes, pistache e etc.

    Rendimento: 16 brigadeiros

    Tempo de preparo: 3 horas

    Fonte: http://ciclovivo.com.br

     

    (0) Comentar
  • Sustentabilidade

    Sexta-Feira, 24 de Fevereiro de 2017

    Ousado para alguns, necessários para outros. O escritório GAD Architecture assina umavila sustentável localizada em Antalya, Turquia. O projeto contempla uma área de 33 mil m², sendo 28 mil m² de construção, com cerca de 100 casas residenciais.

    Com o AHK KNDU Villao escritório de arquitetura sustentável pretende mostrar a importância da vertente para a melhoria da vida privada e coletiva.

    Longe de ser um condomínio, a área almeja a interatividade entre os vizinhos, com jardins coletivos, produção de energia através dos painéis solares nos tetos das casas e luz natural em todos os cômodos. Para garantir a eficiência dos dois últimos tópicos, o GAD orientou as casas de acordo com o caminho solar.

    O desenho das casas, com tetos irregulares, é proposital. O vão entre uma parte e outra otimiza a entrada de ar, ventilando o interior da maneira mais orgânica possível, sem a necessidade de ar condicionado.

    Outro ponto forte é o revestimento de vigas de madeira, que agem como uma verdadeira concha, capaz de controlar as variações climáticas da casa durante a noite e, entre as frestas, convidar a luz do dia para todos os detalhes interiores. O vidro das janelas que percorrem todo o pé direito da construção também fazem a função de conectar o exterior com o interior.

    A parte sul das casas direciona os moradores para jardins comunitários, onde todos podem praticar atividades físicas, cultivo de plantas, tomar café da manhã ou simplesmente descansar na companhia de outras pessoas.

    O estímulo para a atividade social visa a noção do ser humano em pensar coletivamente e não só individualmente. Um verdadeiro projeto sustentável!

    Fonte: http://casavogue.globo.com

    (0) Comentar
  • Gastronomia

    Domingo, 29 de Janeiro de 2017

    Difícil encontrar alguém que não goste de salgadinho. Não tem coisa melhor do que ir em uma festa, chegar lá e… salgadinho! Reunir as crianças no final de semana e… salgadinho! Tudo acaba em salgadinho. Chegamos a duvidar de quem não gosta desse quitute. Mas existe quem evita essa maravilha por causa das calorias. Por isso trouxemos a solução dos seus problemas: o salgadinho fit! Veja como você pode comer dois clássicos sem ter nenhum peso na consciência!

     

    Empada Fit

    Agora não tem mais porquê fazer charme na hora de comer empada! A empada fit possui uma massa muito gostosa feita com farinha integral e ingredientes light. Por isso, essa é uma ótima receita para compor a mesa e acabar com aquela vontade de comer salgadinho.

    Ingredientes:

    500 g farinha de trigo integral

    4 gemas

    9 colheres (sopa) de margarina light

    1 peito de frango desfiado

    1 requeijão light

    Azeitonas

    1 tomate médio

    1/2 cebola picada

    1 dente de alho

    Tempero a gosto

    Preparo: Em um recipiente, despeje a farinha de trigo integral. Coloque as gemas sobre a farinha e mexa até o ovo e a farinha se misturarem. Derreta a margarina por 30 segundos no micro-ondas. Despeje aos poucos sobre a mistura e vá mexendo com as mãos até a massa ficar uniforme (caso haja necessidade, coloque mais farinha ou margarina). Deixe a massa descansar por 10 minutos. Abra a massa com o rolo e modele na forminha de empada. Adicione o recheio de sua preferência. Tampe a empada com uma massa fina.

     

    Coxinha Fit

    É muito amor envolvido quando o assunto é coxinha. Uma das iguarias preferidas dos brasileiros, a coxinha fit é fácil e prática de fazer, e mata aquela vontade de comer salgadinho só que de uma maneira gostosa e mais saudável.

    Ingredientes:

    1 xícara de batata doce cozida e amassada com sal (a gosto)

    Linhaça

    1 xícara de frango cozido temperado e desfiado

    Preparo: Bata a linhaça no liquidificador e separe. Faça um bolinho com a batata amassada. Recheie com o frango desfiado. Deixe no formato de coxinha e depois passe a farinha da linhaça. Coloque no forno a 180ºC por 30 minutos ou até dourar.

    Fonte: http://blog.tudogostoso.com.br

     

    (0) Comentar
  • Curiosidades

    Sexta-Feira, 25 de Dezembro de 2015

    Situada em Llanera, na região de Astúrias, Espanha, a igreja de Santa Barbara foi projetada em 1912 pelo arquiteto Manuel del Busto.

    Durante muitos anos o local ficou abandonado, sem nenhuma missa católica ou qualquer evento da religião.

    Felizmente, um grupo de empreendedores, apelidados de Church Brigade, arrecadou fundos online e conseguiu o patrocínio da empresa Red Bull. Assim, eles recuperaram todo o estabelecimento, montando uma pista de skate pública, a Kaos Temple.

    E, como se uma pista não estivesse de bom tamanho, os idealizadores do projeto convidaram o artista Okuda san Miguel, um especialista em figuras geométricas coloridas.

    Como resultado, o local de lazer ficou coberto por cores de arco-íris, iluminando todos os lados das janelas, tornando-se um lugar sensacional para andar de skate.

    Imagens: Divulgação.

    (0) Comentar
  • Gastronomia

    Domingo, 13 de Setembro de 2015

    Aqueles que amam guloseimas sempre se esforçam para criar algo ainda mais gostoso que o tradicional, não é mesmo? O que dizer então de uma coxinha de brigadeiro?

    Calma, não é nenhuma criação maluca que mistura o salgado com o doce. É apenas uma forma maravilhosa de transformar o brigadeiro em algo ainda mais gostoso – sim, é possível!

    A ideia é fazer o doce no formato de coxinha, com a pontinha e tudo, mas no lugar da crocância vai o granulado e em vez do frango o recheio é de morango, ou qualquer outra delícia que você preferir. Confira como fazer a coxinha de brigadeiro:

    Ingredientes

    1 lata de leite condensado

    1 colher de manteiga

    Chocolate em pó

    1 caixa de morangos

    Granulado

    Modo de preparo

    Coloque em uma panela a manteiga e espere derreter. Em seguida coloque o leite condensado e o chocolate em pó. Leve ao fogo até o fundo soltar da panela (a consistência deve estar firme para você poder enrolar). Coloque numa tigela e depois na geladeira até ficar durinho.

    Lave bem os morangos, retire as folhas (com cuidado para não quebrá-lo, pois soltará água no brigadeiro) e seque. Pegue o brigadeiro da geladeira, passe água na mão e enrole.

    Abra o brigadeiro apertando na palma da mão e coloque o morango dentro. Enrole em formato de coxinha e passe no granulado.

    Para ficar ainda mais parecida com o salgado, você também pode usar brigadeiro de chocolate branco, morango e coco ralado queimado.

    Imagens: Divulgação

    (0) Comentar
  • Cinema

    Sábado, 01 de Agosto de 2015

    (Kidnapping Mr. Heineken, ação, Holanda/Reino Unido/Bélgica, 2015)

    De Daniel Alfredson. Com Anthony Hopkins, Jim Sturgess, Sam Worthington, Ryan Kwanten, Mark van Eeuwen, Thomas Cocquerel e outros.

    A vida real às vezes pode ser mais surpreendente que a ficção. No longa “Jogada de Mestre”, a inspiração veio de um crime real, que culminou no maior resgate já pago até então: o sequestro do herdeiro da Heineken, que dominou manchetes em meados dos anos 1980.

    Anthony Hopkins vive o magnata sequestrado, enquanto Jim Sturgess, Sam Worthington, Ryan Kwanten, Mark van Eeuwen e Thomas Cocquerel são os amigos de infância que se unem para cometer o crime.

    Quando uma crise econômica europeia deixa o grupo à beira da falência, Cor Van Hout (Sturgess) – que não tem disposição para se “rebaixar” de chefe a funcionário e cuja esposa está grávida – propõe aos seus amigos, já habituados a pequenos delitos, que se lancem ao grande golpe que garantirá tranquilidade a todas as suas famílias.

    O longa começa mostrando o milionário discursando sobre o próprio sequestro: “O que vocês estão fazendo é completamente estúpido. Mas, se der certo, será brilhante”. Isso deixa o público com uma expectativa sobre o sucesso ou o fracasso da gangue.

    (0) Comentar
  • Geral

    Sábado, 25 de Abril de 2015

    Já se passaram três anos desde que os primeiros Vingadores invadiram os cinemas com a maior bilheteria de estreia de todos os tempos. Agora a Marvel prepara o terreno para uma nova formação do grupo, apresentando nomes novos, afastando antigos e amarrando aos poucos todo o seu universo cinematográfico e televisivo.

    Ambiciosa, a superprodução abraça personagens do universo X-Men, modificando suas identidades de mutantes para aprimorados porque os direitos da franquia ficaram com a Fox. Em breve, Homem-Formiga, Pantera Negra, Capitã Marvel e até o Homem-Aranha também se unirão ao time.

    Por enquanto, manteve-se a velha equipe: Capitão América, Homem de Ferro, Thor, Viúva Negra, Hulk e Gavião Arqueiro, resgatando o cetro de Loki das mãos de um general russo. No processo, eles conhecem os gêmeos Pietro e Wanda Maximoff, cuja missão de vida é destruir os Vingadores e, particularmente, Tony Stark.

    Os irmãos poderiam ser o maior problema dos heróis, mas são apenas o começo: de posse do cetro e da joia do infinito contida nele, Stark e Banner decidem fazer algumas experiências. As coisas dão errado e o que emerge é Ultron, uma inteligência artificial capaz de viajar pela internet e ocupar diversos corpos mecânicos simultaneamente, com um único objetivo: destruir a raça humana para alcançar a paz no mundo.

    “Era de Ultron” sem dúvida será outro sucesso explosivo de bilheterias. Com novos personagens, faz referências a outros filmes ou séries e explicações encurtadas para dar espaço à ação, com uma amarração bem feita de todo o universo Marvel, com ganchos para o futuro que deixarão os fãs com água na boca. Que venham os novos Vingadores!

    (0) Comentar
  • Geral

    Sábado, 28 de Março de 2015

    (Le Sel de la Terra, documentário, França/Brasil, 2014)

    De Juliano Salgado e Wim Wenders. Com Hugo Barbier, Jacques Barthélémy, Juliano Ribeiro Salgado, Lélia Wanick Salgado, Sebastião Salgado, Wim Wenders e outros.

     

    Muitos nem sabiam, mas entre os indicados ao Oscar 2015 havia um representante brasileiro – ou, pelo menos, metade brasileiro: “O Sal da Terra”, documentário sobre o fotógrafo Sebastião Salgado, dirigido pelo filho dele, Juliano Salgado, e por Wim Wenders, que chega aos cinemas trazendo uma verdadeira aula de fotografia, antropologia e, principalmente, História.

    O filme se mostra interessante tanto para quem ama fotografia quanto para quem não é tão íntimo desse universo. Na verdade, as imagens estonteantes clicadas por Salgado servem mais como ilustração para uma narrativa de aventuras do que como objeto propriamente dito.

    “O Sal da Terra” segue dois caminhos paralelos: um é a trajetória do artista, de economista a fotógrafo e de observador da miséria a agente de mudança; o outro é a trajetória do filho, da criança que nunca via o pai ao companheiro de viagens que o documenta.

    Difícil não se deixar levar por essa jornada ao redor do mundo. Partindo da Serra Pelada e passando pela Indonésia, Etiópia, Kuwait, Ruanda e Alasca, até surpreendentemente desembarcar na beleza de Galápagos – onde se deparam com uma tartaruga de centenas de anos. “Aquela tartaruga pode ter conhecido Darwin”, aponta o fotógrafo, amarrando as pontas de sua obra.

    De fato, é a História que conecta tudo: uma história de guerras e violência, mas também uma história de pessoas, extremamente parecidas apesar da distância geográfica. Cada quadro é descrito pelo artista não por suas características estéticas, mas pelas histórias que conta. “As duas crianças com olhos vivos sobreviveram; a de olhar mais apagado acabou morrendo”, lembra-se, diante de uma foto tirada para o projeto “África”.

    O fotógrafo recorda tantos detalhes porque, a cada viagem, instalava-se junto a uma comunidade durante meses, vivenciando suas maneiras e suas tragédias antes de captá-las em preto-e-branco. O resultado, como nota Wenders, é que Sebastião Salgado deixa de ser apenas um fotógrafo, para se revelar um grande contador de histórias, a quem gostaríamos de ficar ouvindo ao pé da lareira, horas a fio.

    Antes de estrear em circuito comercial, “O Sal da Terra” integrou o festival EcoFalante de Cinema Ambiental.

    (0) Comentar
  • Geral

    Domingo, 02 de Novembro de 2014

    O brigadeiro ‚ é um doce típico da culinária brasileira. É muito comum em todo o país e está presente em praticamente todas as festas de aniversário.

    Seus ingredientes mais usuais são leite condensado, chocolate em pó, manteiga e chocolate granulado para a cobertura, podendo ser feito no fogão e também no micro-ondas, seguindo o estilo de vida mais "moderno".

    A origem da denominação é controversa, não estando claro se o nome "negrinho", usado do Rio Grande do Sul, antecede ou não o nome brigadeiro.

    Segundo alguns historiadores, o nome do docinho pode estar associado ao Brigadeiro (patente militar) Eduardo Gomes, que se candidatou à presidência pela UDN contra Eurico Gaspar Dutra, em 1946. O candidato conquistou um grupo de fãs do Pacaembu, bairro de São Paulo, que organizaram festas para promover sua candidatura. A guloseima à época feita de leite, ovos, manteiga, açúcar e chocolate tanto agradou que, numa das festas de campanha, foi feito o doce para arrecadar fundos.

    Há outras versões bastante similares a essa sobre a origem do nome do doce: mulheres do Rio de Janeiro, engajadas na candidatura de Gomes, faziam "negrinhos", que vendiam para ajudar o fundo de campanha; outros diziam que Heloísa Nabuco, de tradicional família carioca que apoiava o brigadeiro, criou um tipo de doce, ligeiramente diferente da versão atual, e o denominou com a patente do candidato preferido.

    Como as festas dos correligionários e cabos eleitorais eram muito disputadas pela população, estes logo começaram a chamar os amigos para irem comer o "docinho do Brigadeiro". Com o tempo o nome de "brigadeiro" teria sido dado ao doce (mais tarde feito com leite condensado). Apesar do apoio recebido, a eleição foi vencida pelo então General Eurico Gaspar Dutra.

    De qualquer forma, fato é que a sobremesa se tornou uma paixão nacional e hoje pode ser encontrada em diversas versões, como "de colher", com cobertura crocante, com frutas, recheado etc.

    (0) Comentar
Loja Goiânia

(62) 3093 1717

Newsletter

Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: