• Terça-Feira, 05 de Junho de 2018

    O decorador francês Henri Samuel foi um dos principais designers de interiores franceses do século XX. Com uma habilidade única de combinar bases clássicas a móveis, pinturas e esculturas assinadas por artistas de vanguarda, como Philippe Hiquily, César, Diego Giacometti, Guy de Rougemont e François Arnal, tornou-se um dos mestres pioneiros do mix & match, estilo de décor que ele levou a seus abastados clientes – que iam de vários membros das famílias Rothschild e Vanderbilt ao príncipe Sadruddin Aga Khan e o estilista Valentino.

    O decorador aos 80 anos, em Paris.  (Foto: Courtesy Of Eva Samuel, Ubodh Gupta e Divulgação)

    O decorador aos 80 anos, em Paris. (Foto: Courtesy Of Eva Samuel, Ubodh Gupta e Divulgação) 

    Agora, vinte e dois anos depois de sua morte (1996), o decorador ganha uma justa homenagem. Trata-se do livro da  expert em design e historiadora Emily Evans Erdmans e com prefácio de seu ex-pupilo Jacques Grange: "Henri Samuel: Master of the French Interior". A obra recupera projetos de Henri desde a época em que trabalhou para a icônica Maison Jansen até suas consultorias para o Metropolitan Museum e o Castelo de Versalhes (cujos salões imperiais foram restaurados em 1957 graças à sua expertise).

    Paris match (Foto: Courtesy Of Eva Samuel, Ubodh Gupta e Divulgação)

    (Foto: Courtesy Of Eva Samuel, Ubodh Gupta e Divulgação)

    Um dos pontos mais fascinantes do livro é o fato de que vários projetos assinados por Henri permanecem ainda intactos, como a sala de jantar de Valentino em seu Castelo de Wideville, nos arredores de Paris.“Fiquei impressionada com a forma como Samuel projetou interiores para durar a longo prazo”, diz a autora. “Esqueça o fast-fashion – seus clientes mantiveram sua decoração por décadas, muitas vezes até a morte. Ele criou para eles um pano de fundo clássico que se tornou mais rico e mais bonito à medida que adicionavam suas próprias camadas pessoais.” Por essas e outras, além de imagens e croquis de casas impactantes até então inéditas para o grande público, o livro de Henri Samuel é o grande lançamento do universo da decoração em 2018. Não perca!

     

    Fonte: Vogue Brasil

     
     
     

     

     

     

    (0) Comentar

    Você também poderá gostar de:

  • Geral

    Sábado, 09 de Dezembro de 2017

    Que tal aproveitar o Natal, que está chegando, para dar aquela boa renovada na sua biblioteca? Pensando nisso, separamos aqui algumas opções incríveis de livros, relacionados ao universo da arquitetura e do décor, que estão chegando agora às livrarias. Confira cada um deles e escolha o seu!

    1. Coleção Arquiteturas - André Vainer e Guilherme Paoliello

    A Editora da Cidade, da Escola da Cidade, lança mais um livro da série “Coleção Arquiteturas”. Desta vez, a obra organizada pelos professores Anderson Freitas e Cesar Shundi Iwamizu, em conjunto com alunos, apresenta os trabalhos mais significativos dos arquitetos André Vainer e Guilherme Paoliello. São projetos de 1980 e 2010, época em que atuavam juntos no escritório AVGP, e contribuíram para o desenvolvimento do cenário arquitetônico paulista. Por R$ 80, com 280 páginas.

     

    2. Gisele Taranto - Arquitetura

    Formada em arquitetura e urbanismo na Universidade Santa Úrsula no Rio de Janeiro, Gisele Taranto conta sua trajetória profissional neste livro que reúne 17 projetos luxuosos, entre edifícios corporativos, casas, apartamentos e mostras de decoração, criados por ela nos últimos 10 anos. Publicado pela Zeta Editora, por R$ 249, com 288 páginas. 

     

    3. Studio Arthur Casas

    Nesta edição revisada e ampliada pela Zeta Editora, 33 trabalhos desenvolvidos pelo arquiteto Arthur Casas entre 2008 e 2017 ganham destaque. São projetos recentes e inéditos dos mais variados tipos, como o hotel Emiliano, no Rio de Janeiro, o restaurante Kosushi, em São Paulo, e até uma linha de relógios desenhada para a H.Stern. A obra conta ainda com textos assinados por grandes autores brasileiros e estrangeiros - Philip Jodidio, Maria Cecilia Loschiavo dos Santos e Fernando Serapião estão entre eles. Por R$ 297, com 376 páginas. 

     

    4. Cadas

    Com desenhos feitos à mão e uma percepção muito pessoal sobre cada elemento construído, o arquiteto Cadas Abranches comemora 38 anos de carreira com um livro especial. A edição bilíngue discorre as lembraças e inspirações do profissional a partir de 21 projetos inéditos, a maioria residenciais, que passeiam pelo eixo Rio-São Paulo. Da Zeta Editora, por R$ 297, com 336 páginas. 

     

    Vale lembrar que eles são ótimas opções para você presentar aquele amigo ou familiar que também é apaixonado pelo assunto!

    (0) Comentar
  • Geral

    Sábado, 18 de Abril de 2015

    Colorir sempre foi uma atividade muito divertida no universo das crianças. São inúmeros personagens, histórias inusitadas que envolvem a todos! E por que não trazer esse prazer para os adultos? Com esse pensamento, editoras da Europa lançaram livros de colorir para adultos, com conteúdo um pouco mais complexo.

    No Brasil os títulos disponíveis já chamam atenção pela quantidade e pela infinidade de estilos. O livro mais comentado se chama “Jardim Secreto”, da autora escocesa Johanna Basford, e é predominantemente em preto e branco, todo feito à mão.

    A razão, segundo a ilustradora em seu blog, é que ela acredita que desenhos assim captam mais a energia do artista do que aqueles criados com o auxílio de programas de computador.

    Mas a onda dos livros de colorir parece ter contagiado o mundo todo. Em países como a França eles já são mais vendidos do que a literatura gastronômica, conforme dados divulgados pela editora Michael O’Mara.

    O intuito dos livros é possibilitar que você fuja do estresse durante a interação: enquanto colore e procura por animais escondidos, por exemplo, você relaxa e ainda relembra os tradicionais livros de colorir!

    (0) Comentar
Loja Goiânia

(62) 3093 1717

Newsletter

Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: