• Revestimentos

    Sexta-Feira, 26 de Julho de 2013
    As diferenças entre os pisos de madeira

    Nada substitui o aspecto da madeira para aquecer os espaços. E é possível escolher materiais cada vez mais fiéis a ela com economia e responsabilidade ambiental. Venha conhecer as possibilidades com a equipe Aldeia!

    O porcelanato é a cerâmica que apresenta o melhor desempenho técnico e estético para essa proposta. Com acabamento polido, sem brilho ou texturizado é indicado para qualquer ambiente, mesmo os molhados e externos.

    De extrema utilidade para as áreas comerciais, os porcelanatos possuem alta impermeabilidade, durabilidade e resistência à abrasão.

    Feitos à base de PVC, os pisos vinílicos fazem a criatividade ir mais longe, permitindo a criação de desenhos. Uma opção perfeita para o convívio em família, já que proporciona conforto térmico, acústico e resistência à água.

    Todos os cantinhos recebem bem os vinílicos, são vistos geralmente em quartos, closets, livings e as salas de bagunça.

    Para quem não abre mão da madeira de verdade investe nos pisos prontos feitos com lâminas dela. Eles apresentam a nostálgica aparência dos assoalhos e tacos antigos. São fáceis de instalar e de manter, para limpar basta um pano úmido.

    Com a base em MDF ou PVC, os pisos laminados estampam os veios da madeira sem texturas. Resistentes ao tempo e à criançada, não riscam ou mancham com facilidade.

    Você pode sentir os veios da madeira através das texturas que os cimentícios trazem. O aspecto das peças é tão natural que isso se torna possível. Ainda que, os revestimentos confortam a temperatura do ambiente apresentando alta durabilidade e beleza estética.

    O assentamento exige a contratação de mão de obra especializada. Após a instalação, é só comemorar a melhor escolha para as áreas externas.

    Inserir produtos com madeira nos ambientes requer consciência ecológica da parte dos moradores. Marcas como a Triângulo, presente na Aldeia, praticam o manejo florestal e obtém dois sistemas de certificação da madeira. Um patrimônio de 90 mil hectares que mantém a floresta nativa, extrai a matéria prima a partir do reflorestamento, além de gerar emprego e renda para a localidade. Exija madeiras com certificação, só assim a preservação ambiental está garantida.

    Agora, visite nossa galeria para conhecer mais ambientes que parecem madeira, mas não são.

    Comentários

    • Não há comentários para esta postagem.

    Deixe seu comentário, sobre esta matéria.

    (0) Comentarios
Loja Goiânia

(62) 3093 1717

Newsletter

Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: