• Geral

    Sexta-Feira, 10 de Junho de 2011
    Arquitetura é para se viver

    A última edição da revista Clube de Notícias do Clube de Engenharia trouxe uma entrevista com Marisete Naves, arquiteta e empresária em Goiânia. A partir da cultura e formação arquitetônica e por acreditar na constante evolução do mundo, Marisete teve a visão de empreender comercialmente no segmento de materiais de construção. Na entrevista, explica como se deu o processo de criação da Aldeia e como é o perfil da empresa. Ainda, ressalta a importância do arquiteto no seu negócio, diz o porquê de não temer a concorrência e conta as novidades do segmento em que atua. Confira alguns trechos dessa entrevista: CN – Depois de formada, como foram suas principais atividades profissionais? Marisete – Assim que me formei, fui convidada a ser gerente comercial da Grafite Materiais de Construção, em Goiânia, ficando nessa função por dois anos. Percebendo que a empresa precisava de uma revitalização, desenvolvemos uma pesquisa, e também um estudo a respeito em São Paulo [...] Nascia aí, um pequeno embrião para o início da Aldeia Acabamentos e Complementos, hoje, completando 15 anos de funcionamento. CN – Qual a dimensão do envolvimento profissional da Aldeia no mercado em que atua? Marisete – A Aldeia nasceu com o conceito bastante diferente de materiais de construção [...] a marca foi planejada, o nome foi escolhido de forma diferenciada e com o conceito de empresa ética, honesta, séria e não temporal. Nasceu para ter uma história bem formatada, com embasamento e estruturada aos moldes de empresas européias ou brasileiras centenárias. Juntamente com os fornecedores, conseguiu ter uma imagem bastante solidificada e ao mesmo tempo competitiva. CN – Como é o interesse do consumidor pelos produtos que a Aldeia comercializa? Marisete – Quando alguém entra na Aldeia, se surpreende ao perceber que a empresa, além de oferecer o melhor produto com respeito social, fiscal, ainda é uma empresa que oferece um melhor preço de mercado. CN – De que maneira acontece o relacionamento da Aldeia com os profissionais arquitetos? Marisete – Considero o arquiteto como um beija-flor. É ele que sai proliferando os produtos que trabalhamos [...] A gente tenta entender da melhor forma possível as necessidades, a busca por novidades que o arquiteto tem. Isso nos dá até um autocobrança para estarmos sempre prontos e à frente com ele. Estamos juntos agora na Casa Cor Goiás, é um investimento alto, acreditando no arquiteto que é nosso grande parceiro. CN – A criação da Aldeia fez surgir outras empresas similares. Teme a concorrência? Marisete – A concorrência é a melhor coisa que existe. Temo muito mais quando a gente não tem concorrente e se envaidece achando que somos o melhor sem ter um parâmetro de qualidade. Quando estamos sozinhos não é preciso nem fazer investimentos. A Aldeia prova que tem um peso no mercado em relação a isso, pois não somente em Goiás, mas no Brasil que tem sua imagem como exemplo de empresa. CN – Do que se trata o projeto Temporada Aldeia Verde promovido por sua empresa? Marisete – O projeto surgiu há 10 anos, mas somente há 2 anos conseguimos [...] difundi-lo, trabalhar junto às indústrias na produção de materiais sustentáveis e trazer essa preocupação de reaproveitamento. CN – Quais são as novidades em produtos de arquitetura, design de interiores e decoração? Marisete – O momento é tecnológico. A nova tecnologia HD de impressão tem uma reprodução perfeita de qualquer peça de madeira, tanto em volumetria quanto em estamparia. Essa é a novidade que está chegando, além de grandes formatos e espessuras menores.

    Comentários

    • Não há comentários para esta postagem.

    Deixe seu comentário, sobre esta matéria.

    (0) Comentarios
Loja Goiânia

(62) 3093 1717

Newsletter

Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: