• Geral

    Segunda-Feira, 22 de Dezembro de 2014
    Um cubo de pedra que desponta no horizonte polonês

    Com projeto assinado pelo Kropka Studia, uma casa em Zawiercie, Polônia, combina pedra e madeira na fachada com interior amplo e branco. Elegante, a residência contempla espaços generosos, grande incidência de luz natural e enormes janelas de vidro. Um visual moderno e aconchegante num lugar arraigado de tradições agrícolas locais.

    Construída em um terreno alongado e ligeiramente inclinado, a casa está situada numa área verde dominada por plantações. Em seu entorno, uma antiga igreja de pedra, ruínas e o Castelo Ogrodzieniec. É neste cenário pitoresco, usando volumes com formas simples e materiais locais, que a construção tenta se tornar uma parte integrante da paisagem.

    Com 215 m², a residência é composta de dois volumes principais, um com os ambientes sociais e privativos e o outro com a garagem, conectados por um pergolado de madeira que permite a entrada de luz natural. Os materiais utilizados na construção priorizaram a resistência e a durabilidade, além da disponibilidade, o que justifica o uso abundante do calcário, matéria-prima proveniente das formações calcárias típicas das paisagens montanhosas polonesas.

    O destaque neste projeto é o revestimento externo: foram utilizados gabiões (uma espécie de gaiola de estrutura armada, flexível, drenante, de grande durabilidade e resistência) feitos com malha de fios de aço e que têm a característica de ser uma “camuflagem” ao misturar a casa à paisagem do seu entorno. A parede estrutural recebeu placas de PIR (Placas de Espuma Rígida de Poliisocianurato) para criar isolamento térmico. Já o telhado ganhou folhas de titânio e zinco.

    No piso térreo há a área principal com a cozinha aberta, estar e espaço para refeições (tudo integrado sem qualquer tipo de divisão), quarto do casal, casa de banho e closet. No piso superior, dois quartos e um banheiro. Os poucos móveis com linhas retas e o branco que permeia todos os ambientes reforçam ainda mais a sensação de amplitude e liberdade. Como complemento, generosas janelas que privilegiam os moradores com uma bela vista do horizonte.

    A elegância da área social criou a atmosfera perfeita para que a escada ocupasse o lugar de destaque. Feita em balanço, a escadaria é de aço e carvalho – neste caso, a madeira surge como um ponto de cor e de calor na ala social de uma casa que convida ao prazer de morar nas montanhas polonesa

    s.

     

    Comentários

    • Não há comentários para esta postagem.

    Deixe seu comentário, sobre esta matéria.

    (0) Comentarios
Loja Goiânia

(62) 3093 1717

Newsletter

Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: