• Geral

    Segunda-Feira, 29 de Dezembro de 2014
    Um tapete para cada canto do mundo

     

    As paisagens que desfilam pelas janelas dos aviões sempre foram um bem-vindo passatempo para o pequeno holandês Florian Pusher. Quando cresceu e se tornou designer, a fascinação pela variedade de cores, padronagens e texturas que só podem ser vistas lá de cima o acompanhou.

    Mas o que mudou é que, em uma oportuna conversa depois do trabalho, ele descobriu como transformar seu fruto de admiração em produto. Assim nasceu a linha de tapetes Landcarpet.

    Pusher trabalhava em uma firma de decoração e foi incumbido de buscar amostras de tapetes. Quando questionou o vendedor sobre a possibilidade de projetos customizados, a resposta que escutou foi como uma epifania: "Tudo é possível."

    Depois de passar um fim de semana reunindo todas as fotografias aéreas que havia feito, o designer separou aquelas que o lembravam mais a vista europeia e colocou a mão na massa. Traçou os principais padrões, simplificou e, em seguida, escolheu cores e espessuras diferentes para cada parte, assim como um campo colhido parece mais baixo que outro de cultura madura. Semanas depois tinha seu primeiro Landcarpet.

    Enquanto as condições naturais da África inspiraram um tapete caótico de tons terrosos, as lembranças das plantações de flores na Holanda geraram um exemplar multicolorido. A agricultura industrializada dos Estados Unidos foi transformada em uma maxiestampa rígida e a megalópole Hong Kong tornou-se um aglomerado de cinzas e azuis.

    Entre peças únicas e séries limitadas – e alguns prêmios de design, Pusher continua testando novas texturas e procurando diferentes padronagens. E a coleção de tapetes que funciona quase como uma experiência sociológica não deve parar de crescer.

    Comentários

    • Não há comentários para esta postagem.

    Deixe seu comentário, sobre esta matéria.

    (0) Comentarios
Loja Goiânia

(62) 3093 1717

Newsletter

Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: