• Geral

    Domingo, 22 de Fevereiro de 2015
    Degustando e reconhecendo um bom café

    É muito raro encontrar alguém que não aprecie um bom cafezinho. Não importa a hora do dia, essa é uma das bebidas preferidas dos brasileiros. Para reconhecer um café ruim não é preciso ser nenhum expert, mas e o bom café? Pensando nisso trouxemos algumas dicas para você degustar e, é claro, perceber as sensações e aromas da bebida.

    O primeiro e mais simples passo de qualquer degustação é destacar os aromas. Leve a xícara até o nariz e sinta a fragrância presente no café. O desafio aqui, entretanto, é preparar o paladar para receber a bebida. Entre resquícios florais, frutados e herbais oriundos do processo de moeção, existem mais de 30 tipos de aromas! 

    Saborear: em seguida, tome um trago grande da bebida, porém, sem engolir. Deixe o café repousar na boca e tente perceber a sensação deixada em cada parte da língua, já que cada local oferece um sabor específico. Mais atrás, o amargo; no meio, o mais azedo; nas laterais, o mais salgado; e à frente, o mais doce. 

    Engolir: ao engolir, dê atenção ao máximo de sabores que seus sentidos reconhecem. Alguns cafés têm um sabor mais afiado e forte, mas desaparecem no mesmo instante. Por outro lado, existem cafés cujo sabor permanece na boca durante muito tempo depois de serem engolidos. 

    Fragrância e Corpo: a fragrância de um café está relacionada com o cheiro que o café tem depois de ser moído; o corpo é a forma como cada um sente o café na boca – esta sensação está relacionada com o peso e com a textura do café. 

    Riqueza: mais do que o corpo e o aroma, o café também tem uma riqueza específica na sua constituição. No café amanteigado, por exemplo, essa sensação tem a ver com a riqueza que, no caso, não é nada satisfatória. 

    Suavidade: a suavidade é uma das principais características de um bom café. Por mais que ele seja encorpado e de sabor forte, o importante é que o seu sabor não seja pesado demais. 

    Acidez: por fim, a acidez completa a riqueza de sabores de um bom café. Como nos vinhos, a característica não deve ser acentuada demais. É claro que cada pessoa tem a sua preferência e se você for daqueles que apreciam um café forte e de paladar mais ácido, opte pelos grãos 100% Arábica. 

    Comentários

    • Não há comentários para esta postagem.

    Deixe seu comentário, sobre esta matéria.

    (0) Comentarios
Loja Goiânia

(62) 3093 1717

Newsletter

Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: