• Geral

    Sábado, 04 de Abril de 2015
    “Velozes e Furiosos 7” estreia em Goiânia!

    (Furious 7, ação, EUA/Japão, 2015)

    De James Wan. Com Vin Diesel, Paul Walker, Dwayne Johnson e outros.

    Ao estrear nos cinemas nesta semana, certamente “Velozes e Furiosos 7” arrancará lágrimas de marmanjos e os levará a prometer amor eterno à saga que já completa quase quinze anos. O que explica tamanha lealdade a uma franquia apoiada em carros, tiros e explosões? O segredo, provavelmente, tem nome e sobrenome: Vin Diesel.

    O ator que interpreta Dominic Toretto desde 2001 tudo o que os fãs mais admiram na série: por baixo de uma camada grossa de entretenimento banhado a testosterona, há um modelo de masculinidade sensível, personificada num protagonista que trata sua equipe como “família”, respeita a esposa e joga limpo até na hora de brigar.

    Por trás das câmeras, Diesel não é tão diferente de Toretto: o ator não teve vergonha de chorar em público após a morte do amigo e companheiro de cena, Paul Walker, em 2013, e aproveitou a produção do filme para mobilizar uma das homenagens mais bonitas que o cinema já viu.

    James Wan, o novo diretor da série, deu sua contribuição nessa missão: se as cenas finais foram claramente idealizadas por Diesel, o restante do filme é obra do cineasta malasiano, que faz deste episódio, facilmente, o mais grandioso da franquia até agora.

    “Velozes 7” é mais tudo: mais veloz, mais barulhento, mais melancólico e muito, mas muito mais absurdo. São carros saltando de paraquedas, Jason Statham vencendo uma luta no braço contra Dwayne Johnson.

    Com um enredo um pouco mais coerente que alguns filmes anteriores, o longa funciona como uma grande despedida a Walker. O vilão, desta vez, é Deckard Shaw (Statham), irmão do criminoso derrotado no filme anterior que aparece buscando vingança. Para proteger os amigos, Brian O’Conner (Walker) se une a Toretto numa última missão – jurando se dedicar exclusivamente à família quando tudo terminar.

    Essa ideia de que a esposa e os filhos estão acima de tudo paira sobre a ação, deixando para os fãs uma mensagem bem clara: carros e tiros são apenas entretenimento; a família é a aventura da vida real. E é por esse tipo de postura, honesta e despretensiosa, que a franquia não acabará por aqui.

    Comentários

    • Não há comentários para esta postagem.

    Deixe seu comentário, sobre esta matéria.

    (0) Comentarios
Loja Goiânia

(62) 3093 1717

Newsletter

Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: