• Geral

    Sexta-Feira, 12 de Junho de 2015
    Um museu construído com soluções sustentáveis!

    O Museu de História Natural de Xangai, na China, é um belo exemplo de construção com princípios de arquitetura bioclimática. Recém-inaugurado, soma 44.517 m2 com paredes e telhados verdes, sistemas eficientes, diversos espaços para exposições e mais de dez mil artefatos do mundo todo.

    O prédio, planejado pelo escritório de arquitetura Parkins + Will e finalizado neste ano, possui várias soluções usadas para reduzir seu impacto ambiental, um jardim de exposições ao ar livre, átrio principal de 30 m de altura envolto por vidro, o que permite a entrada abundante da luminosidade natural.

    A construção foi inspirada no formato do escudo de nautilus, uma das formas geométricas mais puras encontradas na natureza. As paredes de vidro lembram as células; a fachada coberta por plantas representa a vegetação da Terra; outra parede é cheia de pedras, representando as placas tectônicas; e a última delas possui fontes de águas, simbolizando os rios.

    Os conceitos bioclimáticos estão aplicados na maximização do aproveitamento da luz natural e no uso de outros elementos que proporcionam a regulação da temperatura interna, como uma lagoa no pátio central, que fornece arrefecimento através da evaporação. O telhado é equipado com sistema de captação da água da chuva, usada posteriormente para irrigar as plantas.

    O museu de história natural é um espaço para as pessoas explorarem o mundo através das exibições. Assim, todos os detalhes da arquitetura do projeto precisam estar em harmonia com este propósito, proporcionando uma experiência ainda mais profunda e sensível.

    Comentários

    • Não há comentários para esta postagem.

    Deixe seu comentário, sobre esta matéria.

    (0) Comentarios
Loja Goiânia

(62) 3093 1717

Newsletter

Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: