• Sustentabilidade

    Segunda-Feira, 04 de Julho de 2016
    Isso sim é arquitetura sustentável!

    À primeira vista o papelão não parece ser um material muito adequado e resistente para uma construção. Mas vários escritórios e arquitetos premiados já vêm utilizando-o em obras de grande escala, estruturas residenciais, pontes e abrigos anti-catástrofes naturais.

    O estúdio holandês Fiction Factory apresentou recentemente seu novo modelo de micro-habitação: uma casa feita de papelão que, segundo seus criadores, pode durar até 100 anos.

    Batizada de Wikkelhouse, a casa é feita de papelão corrugado fixado com cola ecológica em várias camadas resistentes e isoladas, formando anéis modulares que permitem mais versatilidade na criação do ambiente.

    Após a fabricação de toda a estrutura em papelão, os módulos são transportados ao terreno para a montagem, que leva apenas cerca de 2 dias. Finalizada esta etapa, o papelão é revestido com uma película impermeável e respirável, responsável por manter a durabilidade da estrutura.

    Aplicado o material, são instaladas ripas de madeira no lado exterior da casa, e internamente as paredes levam um revestimento de chapas de madeira compensada com um design minimalista.

    Ambientes de áreas molhadas como cozinhas e banheiros são feitos com a utilização de equipamentos inteligentes muito utilizados nesse tipo de habitação.

    Cada módulo terá um custo inicial de 4.500 dólares e em breve deverá ser mais uma alternativa sustentável viável para quem precisa de espaços pequenos e mais independentes.

    Embora seja muito desvalorizado, não há nenhum outro material de construção tão leve, forte e isolante quanto o papelão. Muitos tentam argumentar que não é possível utilizá-lo em construções.

    Além do design de qualidade e da durabilidade prometida pelo modelo, o material utilizado, além de menos impactante, é 100% reciclável. Ou seja, quase todo o material empregado na construção pode ser reaproveitado ou reciclado posteriormente, gerando uma quantidade menor de resíduos se comparado à de construções convencionais.

    Imagens: reprodução / Divulgação.

    Comentários

    • Não há comentários para esta postagem.

    Deixe seu comentário, sobre esta matéria.

    (0) Comentarios
Loja Goiânia

(62) 3093 1717

Newsletter

Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: