• Design

    Quinta-Feira, 08 de Março de 2018
    Casa Vogue Design 2018

    O dia 5 de março de 2018 foi marcado pela segunda edição do Prêmio Casa Vogue Design. Em cerimônia no MASP foram revelados os grandes vencedores entre as 46 peças finalistas que concorriam em nove categorias. Também foram anunciados os nomes que o corpo de jurados elegeu como "Talento em Ascenção" e "Designer do ano", além do vencedor da categoria online, eleito pelo público. Confira as imagens abaixo para se inspirar com alguns dos vencedores da noite:

     

    CADEIRA ZINA - ZANINI DE ZANINE PARA AMÉRICA MÓVEIS

    Com linhas puras, elegantes e contemporâneas, possui um assento que parece pairar sobre a estrutura metálica, prezando pela leveza, sem esquecer o conforto.

     

    ESTANTE PLANA - F STUDIO

    A estante criada por Fernando Fernandes, Flavia Araujo e Felipe Vargas nasce de uma composição de linhas, formas planas e volumes que configuram uma estrutura complexa de cheios e vazios. Quando intertravados com as linhas, os planos e os volumes criam, assim como numa edificação, uma estrutura estável pronta para ser ocupada pelo usuário.

     

    MESAS MARGEM - GERSON DE OLIVEIRA E LUCIANA MARTINS PARA OVO

    A linha Margem surgiu da investigação gráfica e pictórica dos designers, tendo começado como algo muito solto a partir das formas – cheio e vazio, claro e escuro, contorno e conteúdo – e ganhado corpo a partir da pesquisa da junção dos materiais. O traço fluido e orgânico marca as mesas, que possuem uma paleta de cores suaves.

     

    CENTRO DE MESA NERVO - JACQUELINE TERPINS

    O centro de mesa transgride a superfície que o sustenta. Seu elemento central incomoda e confunde, assim como instiga e atrai o observador. A flexibilidade do material se faz presente quando liberada pela alta temperatura, ao lembrar um nervo em estado de tensão. Estas forças aparentemente se encontram em oposição, sustentação versus distensão, gerando uma curvatura que toca a superfície.

     

    TAPETE ESPIRAL - JULIANA VASCONCELLOS E MATHEUS BARRETO PARA BOTTEH HANDMADE RUGS

    A inspiração veio das linhas puras da geometria aplicada nas artes plásticas e na arquitetura, buscando uma linguagem que explora a complexidade da junção de formas simples. Criou-se uma sensação de ritmo e transição pautada pela mudança gradual nos tons e na intersecção das curvas, gerando planos sobrepostos e efeitos de profundidade.

     

    CADEIRA ESTIO - GUILHERME WENTZ PARA SACCARO

    Inspirada no clima árido, quente e seco, pode ser transportada facilmente para diversos locais e guardada quando não estiver em uso. Seu encosto dobra e encaixa perfeitamente dentro da estrutura, fazendo com que fique o mais fina possível. Pode ser usada em diferentes espaços de lazer, como piscinas, jardins, terraços e varandas – e também em ambientes internos.

     

    LUMINÁRIA DE MESA NORD - FERNANDO PRADO PARA LUMINI

    Possui referências do design nórdico, especialmente a combinação de madeira clara, metal e tecido. A intenção era um abajur mais flat, e com isso surgiu o desafio de resolver o ofuscamento da parte superior, solucionado coma peça metálica cônica com um difusor central.

     

    COLEÇÃO ESCAMAS - ROSENBAUM E O FETICHE PARA SANTA LUZIA

    Uma homenagem aos peixes brasileiros, com três modelos que possuem textura orgânica, modular, e se repetem para formar um só tecido. Todas as peças têm quatro opções de cores em tons de cinza. A ideia é proporcionar infinitas composições, seja por meio da mescla cromática, da criação de novos padrões ou pela possibilidade de novos acabamentos, como aplicação de tintas. É resistente ao mofo, a raios UV e também imune à ação de cupins. Por tudo isso, pode ser utilizado tanto em áreas internas como externas.

     

    SOFÁ BRANCHES - ESTÚDIO CAMPANA

    A ideia nasceu de experiências e vivências cotidianas. A base deste móvel escultórico é uma série de “galhos” de bronze, fundidos a partir de galhos de eucaliptos recolhidos por Humberto Campana ao longo de meses, em suas corridas diárias no Parque Ibirapuera, em São Paulo. A peça prova que é possível, por meio de um novo olhar, encantar-se com o cotidiano. Edição limitada de oito peças.

    Comentários

    • Não há comentários para esta postagem.

    Deixe seu comentário, sobre esta matéria.

    (0) Comentarios
Loja Goiânia

(62) 3093 1717

Newsletter

Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: