• Revestimentos

    Sexta-Feira, 29 de Junho de 2018
    Efeito surpreendente...

    Com estética elegante e atemporal, o antigo acabamento que carboniza a madeira volta a aparecer como tendência na decoração. As variações de cores trazidas com a queima da madeira é uma das tendências apontadas para este ano para o design de interiores. A técnica japonesa chamada “Shou Sugi Ban”, muito utilizada no Século 18, aparece em pleno segundo milênio com força total.

    A imagem pode conter: 1 pessoa, planta e flor

    Ao ser carbonizada, a madeira ganha um acabamento de aspecto escuro e, ao mesmo tempo, natural, destacando as fissuras e veios característicos do material. Geralmente o processo é feito com o uso de um maçarico que queima apenas as primeiras camadas, em seguida as a madeira (o mais comum é usar o cedro japonês) é lavada para remover os resíduos. Depois de seca, é possível aplicar óleo que ajuda a trazer à tona um brilho sutil. 

    A técnica já se mostrou presente no iSaloni em Milão e começa a chegar ao mercado nacional nos revestimentos simulando os efeitos do Shou Sugi Ban. É o caso do revestimento Shou Sugi Van, que traz a mistura do rústico com o sofisticado! Produzida em concreto arquitetônico, a linha Shou Sugi Ban é inspirada na antiga técnica japonesa que tem como objetivo proteger a madeira da umidade e de insetos por meio da queima de suas camadas superficiais, causando um efeito único. Mas o resultado elegante e atemporal sugere uma aposta no contraste (que é outra marca dos ambientes japoneses), equilibrando o jogo sutil entre claro e escuro, opaco e translúcido, novo e o velho, entre tantas outras ambiguidades.

    Comentários

    • Não há comentários para esta postagem.

    Deixe seu comentário, sobre esta matéria.

    (0) Comentarios
Loja Goiânia

(62) 3093 1717

Newsletter

Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: