• Geral

    Sexta-Feira, 19 de Julho de 2019
    Cinema e arquitetura: a história das mulheres na Bauhaus

    A Bauhaus celebra 100 anos este ano e para comemorar a fundação da escola alemã, o canal UFA Fiction e a Degeto Film coproduziram o filme Lotte am Bauhaus. A produção foca na história das mulheres que fizeram parte da escola e as dificuldades que tiveram que enfrentar por conta das discriminações de gênero.

    Lotte Brendel (Alicia von Rittberg) é uma personagem ficcional que tem sua história inspirada em Alma Siedhoff-Buscher, uma das poucas a conseguir participar das aulas de escultura, pois geralmente as mulheres eram designadas aos workshops de tecido e costura. A sua arte consistia em estimular as crianças nas noções de construção e espacialidade nos pequenos, com brinquedos e móveis icônicos, como o Bauhaus Bauspiel composto por variadas formas e cores, feitas de madeira, que se transformavam, ao serem montadas em barcos, casas, etc.

    Mesmo Walter Gropius tendo anunciado na fundação da escola que não existia diferença entre a força e a beleza dos sexos, muitas alunas foram expulsas de workshops ou deixaram a instituição por enfrentarem discriminação de gênero. Apesar disso, a Bauhaus foi uma das primeiras com estudos em design e arquitetura que aceitou matrículas de mulheres, em 1919.

    O filme estreou na TV aberta alemã e está disponível no streaming espanhol Filmin. 

    Comentários

    • Não há comentários para esta postagem.

    Deixe seu comentário, sobre esta matéria.

    (0) Comentarios
Loja Goiânia

(62) 3093 1717

Newsletter

Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: