• Geral

    Quarta-Feira, 14 de Agosto de 2019
    #nahoradaobra: Pastilhas!

    As pastilhas são utilizadas para trazer charme em diversos ambientes. Feitas geralmente de vidro, porcelana ou cerâmica, medem até 5x5cm e possuem alta durabilidade, resistência e facilidade de limpeza.

    Imaginou uma cozinha luxuosa? A Etos pode te auxiliar! Inspiração com pastilha adesiva em inox dourada. Projeto: Monise Rosa. Cozinha com Pastilha dourada

    * As pastilhas tendem a ser utilizadas em detalhes ou superfícies curvas, como paredes arredondadas, pilares e piscinas. Com diferentes cores, formatos e texturas, são perfeitas para dar destaque a um ambiente.

    * As pastilhas podem ser utilizadas na maioria dos ambientes, seja em paredes, nichos, pilares, bancadas, etc. Pela resistência à umidade e às altas temperaturas, elas são muito comuns em saunas, banheiros, cozinhas, áreas molhadas, piscinas e churrasqueiras.

    * Quando utilizadas no piso, as pastilhas podem dar um ar mais retrô ao ambiente. Contudo, é preciso considerar o tráfego daquele ambiente antes optar pelo uso, há que este não é um produto que possui ampla resistência ao desgaste superficial. Uma ideia é utiliza-la no closet ou banheiro.

    * Se houver algum tipo de infiltração na parede, o melhor é eliminá-la completamente antes de aplicar as pastilhas.

    * As pastilhas de vidro possuem um acabamento superior em relação às outras e não perdem o brilho nem desbotam. Jás as de porcelana são recomendadas para locais que demandam uma higienização frequente, devido à sua praticidade e facilidade de limpeza, ainda que percam um pouco do vigor no aspecto visual com o tempo. As pastilhas de cerâmica são ótimas opções para revestimento de piscinas, pois são muito resistentes à ação do cloro e há modelos no mercado com absorção de umidade zero.

    * Por serem peças delicadas, pequenas e de pouca espessura, é muito importante contratar mão de obra especializada para instalá-las, pois qualquer descuido pode resultar em um acabamento defeituoso. A área de aplicação deve estar limpa, sem qualquer resíduo de tinta ou óleo. Além da argamassa certificada, que permite a aconragem das pastilhas, o rejunte também deve ser certificado para evitar que se esfarel posteriormente com a limpeza.

    * A maioria dos fabricantes recomenda uma solução de ácido muriático diluído em água na proporção de 1:1, que não mancha nem tira o brilho do material, conservando o rejunte limpo. O procedimento requer máscara e luvas, pois a mistura é agressiva. Evite saponáceos, escovas e buchas porque provocam riscos.

    A pastilha não tende a sofrer com a limpeza, então a principal preocupação é o rejunte.

     

    Fonte: Casa e Jardim

    Comentários

    • Não há comentários para esta postagem.

    Deixe seu comentário, sobre esta matéria.

    (0) Comentarios
Loja Goiânia

(62) 3093 1717

Newsletter

Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: