• Curiosidades

    Terça-Feira, 01 de Março de 2011
    No embalo das Águas de Março

    março na Aldeia Águas de Março é o nome de uma das mais belas canções brasileiras, obra eterna do compositor, músico, arranjador, cantor e maestro Antônio Carlos Jobim, o imortal Tom Jobim. Sua letra remete a marcantes imagens de brasilidade, em frases curtas e ritmadas. A repetição das formas verbais se transforma numa verdadeira corrente, num fluxo de ideias que inunda e lava a alma da gente. Águas de Março canta passagens da vida cotidiana, marcando o fim do verão nacional. A letra constrói uma analogia entre “água” e “uma promessa de vida”, símbolos perfeitos da movimento e renovação. Não por acaso, março é um dos meses mais chuvosos do ano. Letra e música traçam um caminho lento e gradual, como enxurradas que lavam as ruas. Movimentos intensos do naipe de cordas reforçam ainda mais a imagem da chuva na letra. O blog da Aldeia fez questão de lembrar este verdadeiro hino da bossa nova, pra gente começar o mês em alto astral. Assista a uma apresentação inesquecível de Águas de Março, num dueto de Tom Jobim e Elis Regina, n o programa Fantástico, da Rede Globo.

    Comentários

    • Não há comentários para esta postagem.

    Deixe seu comentário, sobre esta matéria.

    (0) Comentarios
Loja Goiânia

(62) 3093 1717

Newsletter

Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: