• Geral

    Domingo, 13 de Agosto de 2017

    Nossa homenagem àquele que nos ensina a enxergar além!

    (0) Comentar
  • Teatro

    Sábado, 12 de Agosto de 2017

    Quatro personagens. Suas inquietudes e convicções. No meio deles, a paixão. O amor e seus mistérios, encontros, desencontros, reencontros… A busca pela felicidade? A comédia romântica “Por Isso Fui Embora”, espetáculo para refletir e questionar a relação a dois, será apresentada em Goiânia no Teatro Sesi, dias 12 e 13 de agosto.

    Escrito por Juliana Frank e dirigido por Regis Faria, o espetáculo tem no elenco os atores Joaquim Lopes, Juliana Knust, Camila Lucciola e Flávio Rocha.

    Na história, a escritora Cires (Camila Lucciola) amou apenas uma vez, mas seu amor a deixou. Desiludida, não crê no modelo tradicional de casamento e vive encontros fortuitos e superficiais com homens diferentes. O mais assíduo deles é Joker (Flávio Rocha), cúmplice de sua história e dono do bar que ela mais frequenta.

    Dançando e cantando livremente na porta deste bar, Cires conhece Martin (Joaquim Lopes) casado com Pérola (Juliana Knust). Martin ama sua mulher que ama o casamento. Ele é um fotógrafo cheio de dúvidas que vai se encantar por Cires e sua relação visceral com a vida. Pérola vai encontrar no desencontro uma nova perspectiva pra sua jornada.

    Além do bom texto, a peça, chama a atenção pela excelente sonoplastia e a performance dos atores no palco, entre outros elementos. Uma comédia romântica, um espetáculo para refletir e questionar.

    Fonte: http://www.oquerola.com

     

    (0) Comentar
  • Sustentabilidade

    Sexta-Feira, 11 de Agosto de 2017

    O couro ecológico feito de resíduos que a uva deixa no processo de fabricação do vinho recebeu o prêmio Global Change Award 2017 da Fundação H&M, em Estocolmo, na Suécia. A novidade vem da Itália, que é o maior produtor de vinho do mundo, e combina duas das grandes excelências do local: o design e a viticultura.

    O produto criado pelo arquiteto Gianpiero Tessitore – o Wineleather – dispensa a morte de animais para fabricação de couro, não utiliza petróleo, nem produtos poluentes, e ainda reduz o desperdício dos restos do vinho.

    Trata-se de um material vegetal produzido por um processamento específico de fibras e óleos contidos no bagaço de uva, que é uma matéria-prima totalmente natural, composta por peles de uva, talos e sementes obtidas na fabricação de vinhos.

    A empresa VEGEA Vegetal Leather, responsável pelo novo produto, visa produzir materiais inovadores baseados em princípios éticos como a sustentabilidade, a proteção da saúde dos trabalhadores e dos consumidores, a responsabilidade social e o total respeito pelo meio ambiente.

    São produzidos por ano 26 bilhões de litros de vinho, que formam quase 7 bilhões de quilos de bagaço de uva. A ideia é que todo esse resíduo possa ser transformado em uma matéria-prima de alto valor agregado e que potencialmente possa produzir até 3 bilhões de metros quadrados de couro de vinho todos os anos.

    Como o couro ecológico de vinho é um material de aparência sofisticada, além de amigo do meio ambiente, a empresa pretende atuar em todos os segmentos da indústria do couro, desde vestuário até mobiliário. Já podemos ter aquele lindo sofá de couro, sem culpa!

    Fonte: http://sustentarqui.com.br

    (0) Comentar
  • Revestimentos

    Quinta-Feira, 10 de Agosto de 2017

    As COLUNAS são elementos fundamentais na arquitetura, com funções estruturais e decorativas. Inspirada nelas, a nova linha de elementos vazados e revestimentos COLONNA, da CASTELATTO, traz efeitos de VOLUMETRIA e MOVIMENTO únicos.

    Indicada para ser usada tanto em áreas externas como internas, seu formato em ESPIRAL favorece e valoriza os ambientes, gerando harmonia e ELEGÂNCIA.

    A linha Colonna está disponível nas texturas grezzo e etrusco; nas cores chumbo, cinza, fendi, areia e branco; nos seguintes formatos: parede 25 x 50 x 2 ou 25 x 50 x 6; coluna 25 x 50 x 10,5 ou 25 x 50 x 6.

    Venha até a Aldeia e encante-se com os produtos Castelatto!

    Fonte: Castelatto

    (0) Comentar
  • Eventos

    Quarta-Feira, 09 de Agosto de 2017

     

    Ontem a Docol ofereceu um café da manhã para profissionais da arquitetura aqui na Aldeia.

    Na ocasião foram apresentados o “Maison Docol 2017” e o “Casas Com Docol”.

    Foi um enorme prazer tê-los conosco e para conhecer juntos projetos tão inspiradores!

    Fotos: Marcelly Silveira

     

    (0) Comentar
  • Geral

    Terça-Feira, 08 de Agosto de 2017

    O melhor ambiente do mundo é onde você se sente em casa. Seja qual for o seu estilo, a Aldeia tem.

    Meu lugar, minha casa, minha Aldeia.

    (0) Comentar
  • Arquitetura

    Segunda-Feira, 07 de Agosto de 2017

    Construído para abrigar o Festival de Música de Trancoso, o Teatro L’Occitane é um espaço que dificilmente passaria desapercebido.

    Localizado há 15 minutos do quadrado de Trancoso, o Anfiteatro sempre chamou atenção pelas formas esculturais projetadas pelo arquiteto François Valentiny, mas agora deve se destacar também pela Orquestra Sinfônica própria, que passou a existir no início de 2017.

    Com 254 metros quadrados e capacidade para 1000 pessoas, a casa de show possui dois palcos, um a céu aberto e outro coberto, além de 7 salas de ensaio com tratamento acústico e térmico e 1 salão para recepção de eventos e bar.

    As espessas paredes levaram 14 meses para ficar prontas e revelam em suas curvas não só a estratégia necessária para garantir a acústica perfeita para os espetáculos de música, mas também a admiração do arquiteto por Oscar Niemeyer.

    Nas laterais, fendas triangulares valorizam a paisagem e revelam a vegetação da Mata Atlântica que cerca o local, ao mesmo tempo que integra a construção à paisagem.

    Construído em meio ao luxuoso complexo Terravista, o Anfiteatro L’Occitane divide espaço com outros três condomínios, um aeroporto privativo e, segundo eles, o melhor campo de golfe da América Latina.

    Fonte: http://casavogue.globo.com

    (0) Comentar
  • Gastronomia

    Domingo, 06 de Agosto de 2017

    O simples e delicioso suspiro surgiu há alguns séculos e tem encantado o paladar de todos pelo mundo. Inicialmente chamado de merengue, na região da Galícia, na Espanha, o doce era uma sobremesa que se costumava comer no café da tarde.

    Sua origem pode ter sido em mais de um lugar do mundo, mas a teoria mais difundida é que ele surgiu por volta do século XVII, sendo criação de um confeiteiro italiano chamado Gasparini, que morava no povo suíço de Meiringen.

    O doce teria ganhado visibilidade a partir da fama que conquistou na corte de reis e rainhas de diversos lugares da Europa, principalmente na França e Polônia. No começo do século XIX, os cozinheiros começaram a moldar o merengue com uma colher antes ir ao forno, ganhando assim o formato que são conhecidos até hoje e, a partir de então, na Espanha começaram a chamá-los de suspiros.

    Basicamente a receita para o suspiro leva claras de ovos e açúcar e depois é assada no forno. Porém, existem três diferentes tipos de suspiros: o italiano, o francês e o suíço.

    A versão italiana tem uma textura mais macia e é ótima para usar em sobremesas e coberturas de bolo. O suspiro francês utiliza vinagre para ficar mais seco por dentro e maisena para ficar mais consistente. E o suíço tem uma consistência mais cremosa, sendo assim também utilizado em coberturas de bolo.

    Além de ser delicioso para comer puro, o suspiro é muito utilizado em diversos tipos de sobremesas como tortas doces, bolos e até musses. Que tal experimentar uma sobremesa com suspiro hoje?

    Fonte: http://blog.casaparisconfeitaria.com.br

    (0) Comentar
  • Teatro

    Sábado, 05 de Agosto de 2017

    A arte milenar chinesa, na forma do Circo Imperial da China, desembarca em Goiânia no dia 08 de agosto, no Teatro Rio Vermelho, com um espetáculo preparado exclusivamente para o público brasileiro.

    Na apresentação “As Aventuras dos Guardiões dos Unicórnios”, que dispensa completamente o uso de animais, dezenas dos mais talentosos acrobatas, dançarinos e contorcionistas chineses desafiarão os preceitos da ortopedia e as leis da gravidade em números que prometem tirar o fôlego do público goianiense.

    Não existem truques e nada na performance dos artistas é falso. Todos os integrantes do espetáculo passaram por pelo menos 10 anos de intenso treinamento supervisionado antes de pisar no palco pela primeira vez para uma apresentação profissional.

    A turnê especial marca o 25º aniversário da companhia circense, que é conhecida mundialmente pelos seus espetáculos cheios de efeitos visuais e sonoros e cenários de última geração.

    Fonte: http://www.curtamais.com.br

    (0) Comentar
  • Design

    Sexta-Feira, 04 de Agosto de 2017

    Assinada pelo arquiteto Ruy Ohtake, esta casa de 600 m² em Jurerê Internacional, Florianópolis, abusa não só das cores vibrantes, mas também das curvas – características marcantes não só nas obras de Ruy, mas também nas de sua mãe, a artista Tomie Ohtake.

    Habitada por um casal já com filhos adultos, e com um gosto especial por festas, a casa de dois andares foi decorada pela arquiteta e urbanista Roberta Zimmermann.

    Cercada por um amplo jardim, a área social, que ocupa todo o primeiro andar da casa, abriga em um só salão, sem nenhuma parede separando os ambientes, sala estar, jantar e TV, todos integrados pelas cores vibrantes e as formas curvas que estão tanto nos móveis quanto nas paredes e ajudam a destacar as amplas janelas de vidro em formatos orgânicos e bastante inusitados.

    Na sala ainda chama atenção o contraste entre a vivacidade das cores e a sobriedade do concreto, que se faz presente na escada, e da madeira, usada tanto na mesa de centro em formato de S quanto na mesa de jantar – também assinada por Ruy Ohtake.

    Dividida por uma parede de vidro, mas integrada pelo piso e pela presença do azul, do vermelho e do amarelo, há ainda uma ampla varanda com piscina e churrasqueira, que de tão equilibradas com o estilo do décor poderiam fazer parte da sala sem nenhum estranhamento.

    Na parte externa vale destacar ainda o uso das pastilhas, que não só enchem de cor a parede da churrasqueira e da varanda, mas também se estendem do piso da piscina para o muro criando uma espécie de fundo azul infinito.

    Descontraída, moderna e sofisticada ao mesmo tempo, esta é uma casa cheia de personalidade. Um lar no qual podemos ver com facilidade família e amigos reunidos, seja para um almoço descompromissado a beira da piscina, seja para um requintado jantar.

    Fonte: http://casavogue.globo.com

    (0) Comentar
  • Próximos posts
  • Posts anteriores
  • Loja Goiânia

    (62) 3093 1717

    Newsletter

    Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: