• Curiosidades

    Sábado, 09 de Julho de 2011

    O Paulínia Festival de Cinema chega a sua quarta edição. Iniciou no dia 7 de julho e estará acontecendo até o dia 14 de julho. A cada ano o evento vem se consolidando como um dos principais do país e desta vez traz o filme Corações Sujos em sua abertura, que é a adaptação de Vicente Amorim, com o ator Eduardo Moscovis no elenco. Também terá o filme O Palhaço com Selton Mello e Trabalhar Cansa, de Marco Dutra e Juliana Rojas, que foi escolhido para Cannes. Vale a pena a visita. Para mais informações da programação: Cultura Paulinia Cenas dos filmes Corações Sujos e O Palhaço

    (0) Comentar
  • Design

    Sexta-Feira, 08 de Julho de 2011

    Um berçário, um jardim ou uma plantação. Assim idealizei esta vitrine para representar de forma lúdica e conceitual os 15 anos da ALDEIA.

    Através de elementos simbólicos, conto a história de uma marca que não para no tempo, e que renasce ano após ano, com mais vontade de crescer, inovar e evoluir; demonstrados aqui por quinze relógios em funcionamento constante.

    Os 15 recém-nascidos acomodados dentro de cubas, representam cada ano de vida da ALDEIA. E duas cubas ainda vazias foram postas para lembrarmos dos próximos anos que virão. Em um ponto de vista voltado à numerologia, os números 1 e 7 (vindos das 17 cubas expostas na vitrine) podem ser somados, resultando em 8, que tem como significado simbólico o infinito, pois a Aldeia nasceu para gerar frutos sempre.

    Esta vitrine é uma homenagem a todos os protagonistas que fizeram parte desta história. A eles, o nosso obrigado.

    Um abraço, Marcos Naves

    Clique nas fotos para ampliar.

    (0) Comentar
  • Geral

    Sexta-Feira, 08 de Julho de 2011

    Arquiteto por formação e fotógrafo por inspiração, Tuca Reinés mistura constantemente as duas artes. Coleciona prêmios na área de fotografia e tem seus trabalhos fotográficos reconhecidos ao redor do mundo, como nas revistas Vogue e Casa Vogue. O mesmo caminho tem tomado seus livros, editados no Brasil e no exterior. Entre suas obras estão, O azulejo na Arquitetura Civil de Pernambuco – Século XlX, Hotel Book Great Escapes South America e Oscar Niemeyer. Aldeia - Como nasceu o interesse por fotografar a arquitetura de ambientes? Algo lhe deu inspiração, ou desde criança você já percebia que seu olhar era diferente para a arquitetutra? Tuca - A arquitetura sempre foi meu hobbie. Desde pequeno gostava de ver obras, grandes espaços, e sentia que os via de uma forma diferente. Meu lugar predileto para passear era o antigo Museu da Aeronáutica no Parque Ibirapuera, em São Paulo, projetado por Oscar Niemeyer. Aldeia - A classificação definida em seu site é feita por objetos diversos, como poltronas, piscinas, cadeiras, pés etc. Quando vai fotografar, você percebe o todo (o espaço harmônico em si) e fotografa suas partes, ou vê objetos e foca sua atenção ao melhor ângulo que eles possam ter? Tuca - O que você vê em minha página da web, é um pedacinho que comecei a separar por temas. Algumas fotos que eu achava legais e eram interessantes dentro do meu trabalho do dia a dia, foram postas lá. Sobre meu modo de fotografar, primeiro enquadro tudo e, em seguida, vou dando as proporções ao olhar. Assim consigo detalhar o que quero dentro do espaço da câmera fotográfica. Aldeia - Durante suas viagens pelo mundo, qual país ou local mais lhe impressionou pela criatividade na arquitetura? Tuca - O Uruguai é um país onde os arquitetos têm uma consciência de espaço e materiais que achei muito interessante e bom de fotografar. Mas o Brasil também possui cidades muito ricas e criativas na arquitetura, como é o caso de Paraty, Pirenópolis, Carolina e Brasília. Elas têm uma hegemonia de desenho e uma integração com o urbanismo. Aldeia - Dentre os arquitetos da atualidade, existe algum (ou alguns) que mais lhe chama a atenção? E quais são as características que lhe conquistaram? Tuca - Gosto do Raphael Vignoli e do Paulo Mendes da Rocha. Me conquistam pela proporção, sabem implantar um projeto no terreno. Aldeia - Sendo São Paulo um grande centro de criações arquitetônicas. Qual espaço comercial, em sua opinião, mais inovou em termos de arquitetura? Por quê? Tuca - A Pinacoteca do estado de São Paulo é um bom exemplo para sua pergunta. Porque ao meu modo de ver a cidade, o arquiteto tem que pensar em continuidade que, por sua vez, é a mesma coisa que preservação. Aldeia - Durante sua palestra, você abordou assuntos relacionados a viagens feitas em Goiás e fotos tiradas por aqui. Você teve contato com a arquitetura e fotografia feitas em Goiás? Tuca - Goiás está fervilhante. É um estado com a cultura preservada e abençoado por uma maravilhosa natureza, por isso a arquitetura e a fotografia refletem esse clima de entrosamento. Aldeia - Teça comentários sobre o que viu e o que experienciou nas terras goianas. Além disso, existe algum projeto futuro de fotografia ou arquitetura para o Centro Oeste? Tuca - Vi muitas coisas enquanto visitava Goiás. Desde economia, fazendas, hotéis, cidades... e tudo me deixou bem contente por estarem no caminho certo. Vou voltar, sim, e se não for a trabalho, volto a passeio com a família! Aldeia - Na palestra, você disse que é fundamental ter simplicidade antes de fazer qualquer tarefa. Nos dê algumas dicas para "tornar simples" aquilo que parece extremamente complicado. Tuca - O que achamos muito complicado é justamente o que não sabemos fazer direito. Em todos os setores, use o bom senso para guiar seu trajeto e veja o quanto eles ficam mais fáceis. A simplicidade, para mim, é isso. Aldeia - Tuca, "o encontro das artes" já percorreu várias partes do Brasil e agora, veio a Goiânia. O que achou da parceria Aldeia e Docol, como promotoras da palestra? Tuca - Achei perfeita! Fiquei muito entusiasmado com a Aldeia porque nunca tinha visto uma loja de acabamentos tão sofisticada e oferecendo ao público, um tratamento muito especial. Além, é claro, do espaço agradável e a concepção arquitetônica bastante arrojada. Aldeia - Todos nós da Aldeia ficamos encantados por você. Poderia deixar uma mensagem para nossa equipe? Tuca - “Andar com fé, que a fé não costuma falhar", do querido Gilberto Gil!

    (0) Comentar
  • Pisos

    Quinta-Feira, 07 de Julho de 2011

    Fátima Lima participa da Casa Cor há 11 edições. O seu espaço ganhou prêmio de melhor projeto Casa Cor Goiás 2011. O Loft 8 Inspirado em uma jovem engenheira, solteira e bem sucedida profissionalmente, com a qual foi feito uma entrevista, criamos o projeto em cima dos anseios de morar de forma despojada e prática. É um ambiente com estilo contemporâneo e linhas retas, buscando aconchego, praticidade e funcionalidade. A integração dos pisos Escolhemos um piso fornecido pela Aldeia, que fosse resistente já que iria ser colocado no ambiente todo. Para integração com o banheiro, preferi um piso em porcelanato com estilo madeira para dar um pouco mais de aconchego aproximando mais de um pequeno Spa. A Aldeia É um avanço de diversificação no ramo de materiais de acabamento e tem uma grande mostra de acessórios em metais e louças. A Aldeia ajuda muito os profissionais na criação dos seus projetos. Clique nas imagens para ampliar.

    (0) Comentar
  • Curiosidades

    Quinta-Feira, 07 de Julho de 2011

    Mieke Meijer, na Design Academy Eindhoven, em 2003, resolveu fazer experiências com materiais. Viu uma pilha de jornais velhos e resolveu colar uma folha na outra e cortar de diversas formas. Enfim, percebeu que o material assemelhava-se muito com a madeira. “Embora transformada em papel, a madeira permanece”, afirma ela. É como se fosse um retorno do papel à condição de madeira. Em 2007, ela conheceu a dupla do escritório holandês Vij5 que investiu na idéia e chamou um grupo de jovens designers para criar peças com esse novo material. O resultado dessas transformações é incrível. Confira as fotos. Fonte: Casa Vogue

    (0) Comentar
  • Ecologia

    Quarta-Feira, 06 de Julho de 2011

    Uma antiga e abandonada linha de trem em Nova York foi transformada em um oásis urbano. Quando o projeto for entregue por completo terá 2,5 km de extensão. Por enquanto hoje em dia possui 800 metros. É um jardim suspenso com vista privilegiada para rio Hudson e para cidade maravilhosa. Possui vários locais de descanso e belos jardins. O High Line Park, como é chamado funcionará como qualquer outro parque de NY, das 7h as 23h. Beleza e tranquilidade em meio a cidade grande.

    (0) Comentar
  • Pisos

    Terça-Feira, 05 de Julho de 2011

    Idealizada por Raquel Silveira e com curadoria de Sergio Zobaran, a mostra reúne 14 profissionais escolhidos a dedo. A Mostra Black está sendo realizada num casarão de 1940 projetado por Jacques Pilon. A estrutura se caracteriza por ambientes espaçosos e pé-direto amplo, permitindo que a imaginação destes arquitetos e designers floresça. Todas as peças disponíveis nas decorações dos ambientes podem ser consultadas através de monitores com ipad, onde todas as informações vão direto para o seu e-mail. A Mostra está acontecendo em São Paulo, no bairro Jardins e vai até o dia 17 de julho. Vale a pena a visita! Hyundai Mostra Black Endereço: rua Groenlândia, 448 – Jardins, São Paulo – SP Data: de 22 de junho a 17 de julho Horários: de terça a sábado e feriados, das 12h às 20h30; e, aos domingos, das 11h às 19h30

    (0) Comentar
  • Curiosidades

    Segunda-Feira, 04 de Julho de 2011

    A disposição de três diferentes imagens, cada uma com uma cor, cria um caos visual, onde tons, linhas e formas se sobrepõem em uma tela etérea de emoção. Quando vistos através de uma lente colorida ou mostrado em um tom diferente de luz as camadas individuais podem aparecer ou serem escondidas para revelar os elementos da composição. O tema geral das imagens é metamorfose, para narrar uma história das coisas através da idéia de sua incessante mutação e transformação.

    "La Selva" poderá ser vista a partir de 28 de julho a 21 de Setembro de 2011, no Jaguar Shoes em Shoreditch, Londres.
    Vale a pena visitar!

    (0) Comentar
  • Peças decorativas

    Sábado, 02 de Julho de 2011

    aldeia
    A Floricultura Villa Flor
    A Villa Flor teve como inspiração as floriculturas europeias, onde pequenos arranjos e presentes são criados para eternizar momentos de felicidade. Para entrar neste clima, fizemos um ambiente com 33m² repleto de arranjos expostos dentro de molduras douradas, fixadas na parede como obras de arte, e colocamos móveis de antiquário, peças de relíquia, tecidos envelhecidos e grandes lustres de bronze e cristal. A cor escolhida para o ambiente foi a Goiabada. Aconchego e sofisticação do vermelho envelhecido. O porcelanato Galileu Crema Natural A escolha do piso foi muito importante para harmonizar com todo colorido e sofisticação do espaço. Uma vez que recebeu rodapé de espelho bizotado, sendo extremamente belo na medida. A Aldeia A Aldeia é o marco da modernidade e tecnologia em termos de revestimentos. Lembro a primeira Casa Cor em Goiânia, onde o profissional tinha que ser meio "professor Pardal" e inventar formas, rejuntes, cores... uma verdadeira alquimia! Hoje, a Aldeia traz tecnologia, criatividade, beleza, praticidade e atendimento. Viva a ALDEIA!!! ambientes aldeia jpg

    (0) Comentar
  • Curiosidades

    Sábado, 02 de Julho de 2011

    Iniciou ontem a IV edição da Cesta de Dança onde profissionais reconhecidos mundialmente vem mostrar suas performances. Os solos e duos interpretados pelos próprios coreógrafos e por bailarinos convidados, têm em comum a busca por um movimento que surja de impulsos interiores e não motivados por influências externas. A procura de uma identidade própria e plena, a expressão dessa realidade, de corpos que precisam do movimento para se descobrirem, e serem tão reais quanto imaginários. O espetáculo ocorreu ontem e se repete hoje. Data: 1º e 2 de Julho. Hora: 21h. Local: Espaço Quasar - Rua T-28, nº 729, St. Bueno - Goiânia.

    (0) Comentar
  • Próximos posts
  • Posts anteriores
  • Loja Goiânia

    (62) 3093 1717

    Newsletter

    Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: